A Escola Profissional de Coruche foi distinguida pela Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens (CNPDPCJ) com o Selo Protetor, símbolo de todo o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pela escola em prol da proteção e prevenção dos direitos dos nossos alunos.
Da 45 candidaturas à 2ª. edição do Selo Protetor, apenas 27 entidades receberam esta distinção. Na cerimónia que assinalou a data, a representar a EPC esteve a Diretora Pedagógica, Isabel Fidalgo, a psicóloga, Vera Vidigal e Cláudia Santos, do Departamento de Empregabilidade, acompanhadas pela vereadora do Município de Coruche Fátima Galhardo e ainda pela atual e anterior presidente da CPCJ de Coruche, Luísa Jorge e Tânia Alfredo, respetivamente.
Receber o Selo Protetor implica assumir um compromisso e desafio numa prática de trabalho integrada e em rede para o bem-estar e promoção dos direitos das nossas crianças e jovens.